A Igreja

Ladrões se arrependem após roubar barco de padre no Pará

A Igreja 10/11/2020/ 17:54:07
Ladrões se arrependem após roubar barco de padre no Pará

Era uma situação comum: o padre Mateus Tavares de Santos sempre emprestava um pequeno barco para ir celebrar a Missa na ilha de Marajó, interior do estado do Pará.

Entretanto, no dia 7 de novembro de 2020, o sacerdote, que pertence à Paróquia de São Sebastião da Boa Vista, foi surpreendido por dois ladrões, que estavam armados. Segundo a polícia, quando o padre chegava ao destino, sua lancha foi cercada por outra embarcação. Os dois criminosos, então, anunciaram o assalto, tomaram a lancha e obrigaram o sacerdote a pular no rio. Depois, fugiram com a embarcação.

Entretanto, quando perceberam que se tratava de um religioso, os homens se arrependeram. Eles, então, voltaram para salvar o padre.


Os detalhes do roubo

Segundo a agência ACI Digital, os criminosos levaram o barco do padre, um celular, R$ 500 em dinheiro e uma bolsa que continha todo o material para a celebração da Missa. Além disso, tiraram o colete salva-vidas do sacerdote quando o obrigaram a pular na água.

Depois de ficar cerca de 15 minutos na água, já sem forças para nadar, o padre começou a rezar. Logo em seguida, percebeu que a embarcação estava retornando. Um dos assaltantes, então, perguntou: “Tu é [sic] padre mesmo?”

Após a confirmação, os bandidos ajudaram-no a sair do rio. Além disso, pediram ao piloto de uma outra embarcação que passava no local para levar o padre até a margem. Lá, alguns moradores da ilha de Jararaca o socorreram.

A polícia ainda não tem pistas dos assaltantes.


Créditos: Aleteia

Outras Notícias