Basílica foi abençoada pelo Papa João Paulo II durante sua visita ao Brasil em 1980

Santuário Nacional celebra 40 anos de sagração neste sábado

Visita de João Paulo II

O maior templo do mundo dedicado a Nossa Senhora recebeu, em 1980, a visita do Papa João Paulo II, que abençoou o templo e o altar, e elevou a nova igreja, na época, ao título de Basílica Menor.

Cerca de 250 mil peregrinos entoaram o famoso hino “A bênção, João de Deus”, cantado na acolhida ao Pontífice realizada ao redor do Santuário.

“Este templo é morada do Senhor dos senhores e Rei dos reis. Nele, tal a Rainha Ester, a Virgem Imaculada que conquistou o coração de Deus e em quem grandes coisas fez o Onipotente, não cessará de acolher numerosos filhos e interceder por eles: Salva meu povo, eis o meu desejo”, afirmou João Paulo II em sua homilia na Terra da Padroeira, na ocasião.

Apenas o rito de sagração do altar aconteceu dentro do templo. A maior parte da cerimônia aconteceu no exterior da Basílica, na atual Tribuna Bento XVI.

Durante a visita, o Pontífice ofereceu à Basílica um presente: cinco mosaicos fabricados no Vaticano. Nele, são representados os quatro evangelistas – Mateus, Marcos, Lucas e João – e ao centro, o Cordeiro Pascal, símbolo de Cristo. O presente papal, hoje, encontra-se na Capela do Santíssimo Sacramento da Basílica, como testemunha silenciosa da primeira visita de um Papa ao Santuário da Padroeira. Além de Aparecida, o Papa João Paulo II visitou, naquele ano, doze capitais do país.


Padre Agostinho Frasson, missionário redentorista./ Foto: Thiago Leon/Santuário Nacional

Padre Agostinho Frasson é missionário redentorista e atuou, em 1980, na visita do Papa João Paulo II em Aparecida. Na época, tinha apenas sete anos de padre.

“A visita do Papa foi um acontecimento raro e único. Eu tinha 34 anos e fui destacado para fazer a narração da sagração do Altar Central do Santuário e das colunas da Basílica para as emissoras que estavam transmitindo a visita. Para mim, foi muito marcante e emocionante”, conta o religioso.

Padre Frasson comenta que a visita do Papa João Paulo II foi muito especial para os romeiros, que, desde 1900, visitavam o Santuário. “Foi a primeira visita de um Papa. O mundo todo estava voltado para o Santuário, conhecendo a devoção a Nossa Senhora Aparecida”.

O sacerdote conta que a Missa, naquele dia foi campal e perto do altar, no interior da Basílica, só estavam mesmo ele, quatorze estudantes de teologia que iam cantar o Salmo, e os seguranças.

“Lembro-me de quando o Papa entrou e bateu o báculo no chão. Aquilo me impactou. Eu estava diante de um Papa, e hoje, santo”, recorda.

40 anos

Papa João Paulo II beija a imagem de Nossa Senhora Aparecida./ Foto: Centro de Documentação e Memória- Santuário Nacional

Padre Frasson explica que o Altar originalmente sagrado por João Paulo II foi colocado na Capela dos Apóstolos, atrás da própria imagem de Nossa Senhora:

“Muitos, às vezes, perguntam onde está o altar que foi sagrado pelo Papa. Ali se encontra esse altar. Foi colocado ali na Capela após a reforma.”

O sacerdote comenta com alegria a celebração deste sábado. “Sempre que há a dedicação de uma Igreja ou a sagração de um Santuário, o dia da dedicação passa a ser celebrado todo ano. Neste sábado, viveremos este momento histórico, e convidamos a todos a participar pelos meios de comunicação: a celebração dessa memória, deste dia tão importante e decisivo para o crescimento da fé e da devoção a Nossa Senhora Aparecida do povo brasileiro.”

Denise Claro

Da redação, com informações do Santuário Nacional

Canção Nova

Outras Notícias

Domingo, 13 de setembro, coleta especial em favor da Terra Santa

Sem apoio, a presença dos cristãos na Terra Santa pode se tornar uma vítima colateral do coronavírus. Neste ano, a tr...

AOS 74 ANOS 'Deus permitiu que eu fosse contaminado com a Covid-19', diz padre Antonio Maria

“Nossa Senhora vai esmagar a cabeça da serpente chamada coronavírus. Vamos coroá-la e ela cuidará ainda mais de nós”O...

Imagem de Nossa Senhora fica intacta em rua atingida por explosão em Beirute

À medida que Beirute e o Líbano tentam redefinir os seus rumos após as mega-explosões que devastaram a zona portuária...

São Damião, um dos lugares mais importantes para São Francisco e Santa Clara

AIgreja de São Damião em Assis, Itália, foi um dos lugares mais importantes para São Francisco. Foi lá que, cansado d...

Santuário de Fátima promove itinerário espiritual on-line "Peregrino pelo Coração"

Trata-se de um itinerário de reflexão espiritual em oito etapas, com o objetivo de ajudar os fiéis a viverem, ainda q...

Enfermeira salva 3 recém-nascidos durante explosão em Beirute

A explosão que aconteceu no porto de Beirute no dia 4 de agosto de 2020 deixou pelo menos 137 mortos. O número de fer...