A pomba é um dos elementos mais presentes na arte litúrgica

O significado da imagem da pomba na Bíblia


De todos os antigos símbolos mediterrânicos adotados pela igreja cristã, a pomba foi provavelmente a mais repetida na arte litúrgica, que inclui vasos de ritual, lâmpadas, paredes de catacumbas, túmulos, sarcófagos e edifícios. Mas por quê?

Quase todos os artistas cristãos escolheram a pomba para representar o Espírito Santo. Naturalmente, há razões bíblicas claras e diretas para isso, encontradas tanto no Antigo como no Novo Testamento, do Gênesis aos Evangelhos. Por exemplo, os comentários talmúdicos sobre o livro de Gênesis, bem como alguns dos pergaminhos do Mar Morto, afirmam que o Espírito de Deus pairou sobre a face das águas (Gn 1: 2) “como uma pomba que paira sobre seus filhotes sem tocar [neles]”, introduzindo o motivo da pomba no início de toda a narrativa bíblica.

Além disso, praticamente todos estão familiarizados com o papel desempenhado pela pomba na história do dilúvio: uma pomba trouxe a Noé um ramo de oliveira, anunciando o abatimento das águas e a ira de Deus. Essa narrativa levou judeus e cristãos a compreender o ramo de oliveira como um símbolo de paz e a pomba como seu arauto. Nas representações cristãs, a arca tornou-se naturalmente o símbolo da Igreja, Noé a da alma cristã (a quem a pomba traz a paz) e o dilúvio uma prefiguração do batismo cristão.

Além disso, encontramos a figura do pombo nos Salmos e no Cântico dos Cânticos de Salomão. Neste último, o noivo compara sua noiva a uma pomba (“Oh, minha pomba nas fendas da rocha […] deixe-me ver seu rosto, deixe-me ouvir sua voz”). 

Os povos antigos no Mediterrâneo já sabiam que os pombos são monogâmicos e formam fortes laços como pares ao longo da vida. De fato, alguns textos antigos afirmavam (imprecisamente) que pombas matavam aqueles que cometiam adultério. A pomba, então, não seria apenas o símbolo da paz, mas também da pureza e fidelidade.

Algumas outras fontes antigas do Mediterrâneo (cretense, principalmente) insistiam no fato de a pomba não ter vesícula biliar e, consequentemente, não conhecer a malícia. No entanto, é nos relatos evangélicos do batismo de Jesus que encontramos a associação cristã definitiva do símbolo da pomba e do Espírito Santo. Todos os quatro Evangelhos se referem ao batismo de Jesus por João no rio Jordão, mas enquanto Mateus, Marcos e João diriam que o Espírito desceu do céu “como uma pomba” (uma formulação muito aberta à interpretação), Lucas prefere dizer o Espírito “desceu sobre ele em forma corpórea, como uma pomba” (Lc 3,22), aparentemente levando a “metáfora da pomba” um passo adiante. 

Uma vez aceita como emblema evangélico do Espírito Santo, a pomba seria então colocada acima da cabeça de Maria, descendo também do Céu no momento da Anunciação na arte (e às vezes alegoricamente ocuparia o lugar da própria Virgem, por causa das conexões que o Cântico dos Cânticos faz entre a pomba e a noiva escolhida sobre todas as outras mulheres), bem como em algumas representações do Pentecostes.


Aleteia

Outras Notícias

Birras: seu filho está sendo mau ou se sente inseguro?

Recentemente, fiz uma descoberta infeliz: sempre que eu levanto minha voz com meu filho de 4 anos, seu comportamento ...

Corpus Christi: a celebração mais artística do catolicismo

Ligada aos primórdios da Igreja e a instituição do Santíssimo Sacramento da Eucaristia, a Festa de Corpus Christi é u...

Não sabe o que confessar? 17 perguntas para um exame de consciência de adultos

O site do Opus Dei em português publicou um conjunto de perguntas que podem ajudar adultos a realizarem seu...

Pe. Zezinho sobre a Santíssima Trindade: “Cristão não crê em 3 deuses”

O pe. Zezinho compartilhou no Facebook a seguinte reflexão neste último domingo, em que a nossa f...

As paróquias não devem cobrar para dedicar a Missa a um defunto, afirma o Papa

O Papa Francisco pediu que as paróquias não cobrem para dedicar a Missa a um defunto e pronunciar seu nome no momento...

Falece o padre Michal Los, ordenado no hospital com câncer terminal

Uma onda de comoção girou o mundo via redes socais, no final de maio, suscitada pelo caso emocionante do jovem padre ...