Eu escolhi salvar vidas

Meu nome é Ronnie Frade da Fonseca, tenho 36 anos e estou há 9 anos e meio na corporação. Trabalho há 14 anos com resgate de vidas, quando comecei no SAMU. Sou casado e minha família tem receio de tudo isso, mas sente um orgulho enorme por eu estar aqui.
Estar em Brumadinho em meio a lama, no inicio o pensamento era salvar o maior numero de vidas possíveis e me manter vivo, pois o perigo de morrer era eminente. Sem saber, tinham lugares com 15 metros de profundidade... Agora, o que mais queremos é regatar àqueles que ainda estão por lá, mesmo sem vida para que seus familiares possam prestar suas homenagens de forma digna.
A vontade de tornar-me bombeiro militar veio após um fato muito triste na minha, e na vida da minha e familiares: o falecimento de minha filha de 1 ano e oito meses... foi por atropelamento. Quando eu ainda trabalhava no SAMU, vi o excelente atendimento prestado pelos bombeiros... quanta dedicação! Não mediram esforços mesmo sabendo que minha filha já não tinha mais vida... .

É por ela, minha esposa e minha família que estou aqui.. ❤️ .

Queria agradecer a todos que contribuíram em Brumadinho de alguma forma, aos bombeiros de outros estados que nos apoiaram muito, as várias homenagens prestadas que muitas vezes deram mais forças, que emocionou, pra não chorar perto da população, choramos ali isolados na lama. E conforme o juramento que realizei a quase 10 anos perante a população e a bandeira nacional " SERVIR A SOCIEDADE MESMO COM O SACRIFÍCIO DA PROPRIA VIDA”!
.
Brasil, 2019

Foto: Victor Bigoli - @profvhb