Rádio Rainha da Paz

A rádio da familia

18/09 - No sufoco, Cruzeiro bate o Bahia no Mineirão

18/09 - No sufoco, Cruzeiro bate o Bahia no Mineirão
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Precisando de um triunfo para se garantir na sexta posição ao fim de mais uma jornada da competição, os celestes enfrentaram dificuldades na armação e na conclusão de jogadas, mas saíram com a vitória

Haverá dias em que os homens da linha de frente do Cruzeiro não estarão tão inspirados. Mas isso não quer dizer que a Raposa sairá de campo sem vencer. Acontecerão ocasiões em que nomes um tanto quanto inusitados deixarão o gramado como heróis. Foi o caso deste domingo, na vitória por 1 a 0 sobre Bahia, no Mineirão, pela 24ª rodada do Brasileirão.

Precisando de um triunfo para se garantir na sexta posição ao fim de mais uma jornada da competição, os celestes enfrentaram dificuldades na armação e na conclusão de jogadas. Chegou-se ao ponto de a categoria de Thiago Neves não aparecer em momentos-chave – o meia perdeu uma penalidade no início do segundo tempo. Coube ao zagueiro Léo, de cabeça, sacramentar uma vitória sofrida, suada e fazendo jus à aura guerreira do clube.

Não foi fácil consolidar o resultado positivo, uma vez que o Cruzeiro teve Lucas Silva expulso aos 38 min da etapa final. E bem expulso, diga-se de passagem. O atleta deu uma tesoura por trás de Zé Rafael. Jogou apenas nove minutos desde sua entrada e deixou o time na mão. No entanto, os demais comandados de Mano Menezes correram muito para impedir o empate do tricolor.

Com o resultado, a Raposa chegou a 37 pontos, na sexta colocação do Brasileirão. No próximo domingo, encara o Atlético-GO, em Goiânia. Será o último compromisso antes da partida decisiva contra o Flamengo pela Copa do Brasil.

O jogo
O início de partida se mostrava bastante promissor ao Cruzeiro. O time celeste construiu algumas boas jogadas, forçando o goleiro Jean a trabalhar. Mas depois o que se viu foi uma sucessão de erros de passe por parte dos celestes, o que foi crucial para o empate sem gols no primeiro tempo.

Do outro lado, o Bahia apostava nos contra-ataques e na bola parada. Porém, Fábio se mostrava atento e eficiente diante do setor ofensivo do tricolor da Boa Terra.

Na saída para o intervalo, o meia Thiago Neves cobrava uma mudança de postura de todos os jogadores do Cruzeiro. “Algo precisa mudar, a gente está errando muito passe. Não estamos conseguindo armar as jogadas. Deixamos o Bahia sair para o jogo. Precisamos melhorar para ganhar o jogo”, destacou o camisa 30.

Curiosamente, a primeira chance de modificar o panorama e o placar da partida no segundo tempo veio dos pés de Thiago Neves. Só que o discurso do armador não se traduziu em gol. Após o árbitro assinalar pênalti de Rodrigão sobre Raniel, o meia da Raposa desperdiçou a penalidade. Méritos para Jean, que, antes da cobrança, ficou parado mais no canto direito e, depois do apito do juiz, pulou para a esquerda, fazendo grande defesa.

O Cruzeiro insistia bastante na busca pelo gol. E tanta luta deu resultado. Aos 17 min, Léo, de cabeça, completou o escanteio para as redes: 1 a 0.

Com muita raça e atuando com um atleta a menos desde os 38 min – Lucas Silva foi expulso –, os celestes seguraram o placar.

CRUZEIRO – ATUAÇÕES
Fábio – Mais uma vez, protagonizou grandes defesas – 7
Ezequiel – Ocupou bem os espaços pela direita – 6
Léo – Seguro na defesa, marcou o gol da vitória – 7
Murilo – Vem evoluindo cada vez mais – 6
Diogo Barbosa – Buscou jogo pela esquerda – 5
Hudson – Teve trabalho no primeiro tempo, melhorou no segundo – 5
(Lucas Silva) – Deu uma tesoura no adversário e foi bem expulso – 1
Henrique – Um leão no gramado – 6
Robinho – Está devendo um melhor futebol – 4
(Rafael Sóbis) – Teve que ajudar na marcação – 5
Thiago Neves – Perdeu um pênalti no segundo tempo – 4
Rafinha – Se esforçou pelo lado esquerdo, mas não teve muita eficiência – 5
(Arrascaeta) – Correu, correu, correu... mas ficou no quase – 5
Raniel – Lutou muito no ataque – 5
 
CRUZEIRO 1 X 0 BAHIA
Motivo: 24ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Árbitro: Wagner Reway (MT/Fifa)
Gol: Léo (Cruzeiro)
Cartões Amarelos: Henrique, Raniel, Robinho, Thiago Neves (Cruzeiro); Vinícius (Bahia)
Cartão Vermelho: Lucas Silva (Cruzeiro)
Renda: R$ 217.609
Público: 11.849 pagantes
 
CRUZEIRO
Fábio
Ezequiel
Léo
Murilo
Diogo Barbosa
Hudson
(Lucas Silva)
Henrique
Robinho
(Rafael Sóbis)
Thiago Neves
Rafinha
(Arrascaeta)
Raniel
Técnico: Mano Menezes
 
BAHIA
Jean
Eduardo
Tiago
(Thiago Martins)
Lucas Fonseca
Juninho Capixaba
Edson
Juninho
Zé Rafael
Vinícius
(Edigar Junio)
Mendoza
Rodrigão
(Hernane)
Técnico: Preto Casagrande

(Otempo)

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para 18/09 - No sufoco, Cruzeiro bate o Bahia no Mineirão

Enviando Comentário Fechar :/