Deus, rico em misericórdia, está pronto para dar um basta naquilo que nos escraviza

Um remédio poderoso para quem se libertar de uma vida pecaminosa


Nós nem sempre pensamos assim, mas o pecado realmente nos escraviza, enquanto a virtude nos liberta.

Às vezes, quando queremos fazer o bem e seguir a vontade de Deus, sentimo-nos sobrecarregados e aprisionados pelos nossos pecados. A escravidão pode até chegar ao ponto de causar cegueira espiritual. Nós, literalmente, não conseguimos “ver” que estamos pecando, e não percebemos o dano que estamos causando a nós mesmos e a toda a criação de Deus.



No livro “O Combate Espiritual”, o Padre Lorenzo Scupoli diz:

“Quando o diabo mantém um homem na escravidão do pecado, seu principal cuidado é cegar cada vez mais os olhos e afastar dele tudo aquilo que possa levá-lo ao conhecimento de sua condição mais infeliz.”

O que começa com um pecado pequeno de repente se torna um pecado maior e assim só vai crescendo de proporção. Scupoli explica:

 “Da cegueira à cegueira mais profunda, do pecado ao pecado mais impuro, sua vida miserável irá rodopiar até a morte, a menos que Deus, por sua graça, intervenha para salvá-lo”.

Um remédio simples (mas poderoso) para libertar-se desta vida de pecado é voltar-se para Deus de todo o coração.

Scupoli aconselha:

O remédio para quem está nesta condição infeliz é estar pronto para dar atenção diligente aos pensamentos e inspirações que o chamam das trevas para a luz, clamando de todo o coração para o seu Criador.”

O autor, então, sugere a seguinte oração:

“Ó Senhor, ajudai-me; ajudai-me rapidamente; não me deixeis mais na escuridão do pecado.”

A oração deve ser repetida várias vezes, implorando a Deus que a Sua misericórdia seja derramada sobre você. A prece também deve ser acompanhada pelo sacramento da Reconciliação. 

Pode parecer antipático, mas este tem sido o caminho de muitos santos ao longo dos séculos. Eles conseguiram iniciar o caminho da conversão depois de se voltarem para Deus, caindo diante dele com lágrimas de arrependimento.

Deus deseja um coração contrito e, como o Papa Francisco diz, ele nunca se cansa de perdoar. Uma vez que a contrição toma conta de uma pessoa, a verdadeira mudança acontece. 


Aleteia

Outras Notícias

O cachorro que espera a oração de ação de graças para comer

Recentemente, o Pe. Cédric Lafontaine, sacerdote da Comunidade de São Martinho, que pertence à diocese de Amiens, na ...

Mais de 170 mil devotos são esperados em Aparecida no Dia da Padroeira

O Santuário Nacional de Aparecida (SP) deve receber mais de 170 mil romeiros neste sábado, 12, dia da Padroeira do Br...

10/10 - Não, a velhice não é um naufrágio!

Hoje em dia não são só as mulheres que querem parecer mais jovens. Os homens também estão tentando manter a ilusão da...

Você sabe o quanto de informações sobre seus filhos você deve compartilhar nas redes sociais?

Você se lembra, quando você era adolescente, que sua mãe tirava fotos  embaraçosas de você, as mostrava para seu...

Como um simples caderno pode salvar sua vida de oração

As distrações podem atrapalhar uma boa vida de oração e até nos tentar a parar de rezar.Às vezes, parece que não cons...

Abertura do Sínodo da Amazônia: a homilia do Papa Francisco na íntegra

"O fogo de Deus, como no episódio da sarça ardente, arde mas não consome. É fogo de amor que ilumina, aquece e dá vid...