Preços dos combustíveis diminuem, mas gasolina e álcool estão mais caros que antes da greve

Na última semana, o valor médio do diesel, nos postos de todo o Paíspesquisados pela Agência Nacional do Petróleo, foi de três e 43 o litro. Trintae cinco centavos a menos que o preço na semana de 21 de maio, data usada comobase para a aplicação do desconto anunciado pelo Governo. E cinco centavos dequeda na comparação com o começo de junho. Para os motoristas de carros depasseio, os valores também caíram. A gasolina passou de R$ 4,60 para R$ 4,57.

Sem esquecer que um mês atrás, antes da greve dos caminhoneiros, ocombustível custava bem menos: R$ 4,28 de média.

Por fim, o dono de carro flex que dá preferência para o etanol também viuo preço cair de R$ 2,98 para R$ 2,94, na semana passada. Nesse caso, há quemaposte em novas quedas, com o andamento da safra de cana. Vale lembrar que oetanol também estava bem mais barato, antes da greve, e era vendido, em maio, aR$ 2,78.

Agência Rádio 2

Outras Notícias

Trabalhador contribuirá 40 anos para aposentar-se com 100% do salário

O trabalhador precisará contribuir 40 anos para aposentar-se com 100% da média do salário de contribuição, informou h...

Nascidos em março e abril começam a receber abono salarial do PIS 2017

O abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), ano-base 2017, começa a ser pago esta semana para os trabalh...

Bolsonaro assina Projeto de Lei Anticrime

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (19), em solenidade no Palácio do Planalto, o Projeto de Lei Anticrime. O mi...

Governo determina medidas de precaução para barragens em todo o país

Por recomendação da Agência Nacional de Mineração (ANM), o Ministério de Minas e Energia (MME) definiu uma série de m...

Ninho do Urubu: Sobrevivente volta a usar máscara de oxigênio

Após ser retirado da ventilação mecânica, o paciente Jhonata Cruz Ventura, de 15 anos, voltou a precisar do auxílio d...

Bolsonaro diz que hoje “bate o martelo” sobre reforma da Previdência

O presidente Jair Bolsonaro disse que pretende “bater o martelo” hoje (14) sobre a proposta da reforma da Previd...