Governo cria "política do consumidor" e prevê seguro para reajuste da gasolina

Sem interferir no modelo adotado pela Petrobras para reajuste doscombustíveis, governo prevê redução do preço da gasolina e do gás de cozinhaaté o mês de julho. A chamada “política para o consumidor” prevê um seguro paraevitar que os reajustes sejam repassados integralmente a população até o fim doano. Vai funcionar como um moderador do valor estimado para a cotação do barrilde petróleo. Sobre a média, é feito um alinhamento dos tributos, que podevariar para mais ou para menos, de forma que os preços fiquem equilibrados. Alémde evitar uma crise semelhante à que foi anunciada pela greve doscaminhoneiros, o governo quer passar a imagem de que não há interferência naPetrobras.

Segundo o Estadão, o ministro das Minas eEnergia, Moreira Franco justificou a medida como atribuições diferentes. Paraele, as empresas cuidam do mercado, enquanto cabe o governo cuidar das pessoas.A proposta do seguro requer apoio dos governos estaduais para redução do ICMSsobre o preço final ao consumidor. Considerado um “plano de transição”, naopinião do ministro Moreira Franco, é uma tentativa do Planalto de agir deforma mais intensa e duradoura, que vai além das medidas de redução de 46centavos no litro do diesel e do congelamento do preço do produto por 60 dias.


Agência Rádio 2

Outras Notícias

Trabalhador contribuirá 40 anos para aposentar-se com 100% do salário

O trabalhador precisará contribuir 40 anos para aposentar-se com 100% da média do salário de contribuição, informou h...

Nascidos em março e abril começam a receber abono salarial do PIS 2017

O abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), ano-base 2017, começa a ser pago esta semana para os trabalh...

Bolsonaro assina Projeto de Lei Anticrime

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (19), em solenidade no Palácio do Planalto, o Projeto de Lei Anticrime. O mi...

Governo determina medidas de precaução para barragens em todo o país

Por recomendação da Agência Nacional de Mineração (ANM), o Ministério de Minas e Energia (MME) definiu uma série de m...

Ninho do Urubu: Sobrevivente volta a usar máscara de oxigênio

Após ser retirado da ventilação mecânica, o paciente Jhonata Cruz Ventura, de 15 anos, voltou a precisar do auxílio d...

Bolsonaro diz que hoje “bate o martelo” sobre reforma da Previdência

O presidente Jair Bolsonaro disse que pretende “bater o martelo” hoje (14) sobre a proposta da reforma da Previd...