O evento, que marca o início da exposição temática de modas a cada ano no museu, acolheu uma série de celebridades que usavam roupas de estilistas ins

Noite de Gala pró-fundos do Met causa polêmica por vestidos ofensivos à Igreja

O baile de gala do Museu Metropolitano de Nova York – o “Met” – nos Estados Unidos, causou polêmica na noite do dia 7 de maio, devido aos diversos vestidos “inspirados” na temática católica, mas que terminaram sendo muito ofensivos para a Igreja.

O evento, que marca o início da exposição temática de modas a cada ano no museu, acolheu uma série de celebridades que usavam roupas de estilistas inspiradas no tema da exposição.

Neste ano, o tema da exposição do Met é '”Corpos celestes: Moda e imaginário católico”'. De acordo com o museu norte-americano, a mostra “apresentará um diálogo entre a moda e a arte medieval da coleção do Met, para examinar o compromisso continuado da moda com as práticas devocionais do catolicismo”.

A exposição inclui objetos emprestados pelo Vaticano, como a tiara de Pio IX, os sapatos de São João Paulo II e a casula de Pio XI.

Entretanto, a cerimônia de inauguração, cujo ingresso custou pelo menos 30 mil dólares, permitiu que os artistas da indústria musical e cinematográfica americana usassem roupas muitas vezes ofensivas à Igreja.

ADVERTÊNCIA: As imagens poderiam ferir a sensibilidade do leitor.

A cantora Rihanna usou uma roupa que imitava a de um Papa, mas com cortes sensuais. Por sua vez, Katy Perry usou um vestido curto dourado com duas asas grandes, que imitava um anjo.

A cantora Rihanna usou uma roupa que imitava a de um Papa, mas com cortes sensuais. Por sua vez, Katy Perry usou um vestido curto dourado com duas asas grandes, que imitava um anjo.

A atriz Sarah Jessica Parker usou um vestido dourado com uma coroa com um presépio, a cena do nascimento de Cristo.

Por sua parte, a cantora e atriz Lana del Rey se apresentou com um coração transpassado por espadas no peito, imitando Nossa Senhora das Dores, e foi acompanhada pelo ator Jared Leto, que imitava Jesus.

O espetáculo provocou muitas críticas. O jornalista britânico Piers Morgan assinalou no programa ‘Good Morning Britain’: “Bom, como católico, não sou super sensível, mas é um pouco estranho, né? Imagina se tivessem feito uma temática islâmica, como as pessoas se sentiriam?”. Ou, se fosse “uma temática judaica, como as pessoas se sentiriam?”, questionou.

"Explique-me, como católico, por que não deveria ficar um pouco perturbado que muitas celebridades tenham usado o presépio como chapéu e tenham se vestido como o meu Papa?”.

“Eu tenho que admitir que se fosse qualquer outra religião, todo o inferno teria se desatado”, assinalou.

Nas redes sociais, vários usuários criticaram os vestidos ofensivos para os católicos.

“Estou indignado pelo baile de gala do Met e aqueles que zombam da Igreja Católica através das suas escolhas da moda”, escreveu um usuário no Twitter.

“Sempre espero o baile de gala do Met, mas estou muito ofendida com esta temática, pois sou católica. Eu vejo isso como uma blasfêmia”, escreveu outra usuária.

“A minha religião não é o teu estúpido vestido”, acrescentou.

Um usuário classificou este baile de gala como “patético” e “repugnante”, e questionou “por que não há problema em zombar do catolicismo, mas se incomodam quando acontece com as outras religiões?”.

Outras Notícias

Por que os franciscanos vestem marrom?

Como pede o Direito Canônico, é recomendado que todas as numerosas ordens religiosas que existem dentro da Igreja Cat...

As crianças se lembram de algo do tempo que passaram no ventre materno?

Mãe, alguma vez você já se perguntou se seus filhos se lembram de alguma coisa do tempo que passaram em seu ventre? U...

Diocese informa: padre de missa com Haddad agiu “à revelia do Sr. Bispo”

Diocese de Campo Limpo sobre evento partidário na paróquia Santos Mártires: padre recebeu advertência segundo normas ...

Inaugurado mais um local de oração em Aparecida

O Santuário Nacional inaugurou um espaço de lazer e oração na cidade de Aparecida, o Caminho do Rosário.Trata-se de u...

Tetraplégico consegue milagres e dirige do Rio de Janeiro até Aparecida para pagar promessa

"Se a gente não tiver fé, a gente fica deprimido, fica doente, não consegue e as coisas começam a dar tudo errado", d...

Pe. Reginaldo Manzotti: “Sou um milagre de Nossa Senhora Aparecida”

O Brasil está em festa com a chegada do dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do país. Em outubro de 1717, a Imag...