Refletindo com Fábio Teruel

Um homem estava meio que aborrecido com tudo. Cansado da vida. Foi quando resolveu desabafar com o Padre da sua igreja: “Padre, nada está dando certo na minha vida. Eu não tenho mais vontade de nada. Ando cansado de tudo. Acho que Deus se esqueceu de mim.”
O padre respondeu: "Tudo bem, vamos fazer um exercício”.
Ele pegou uma folha de papel e desenhou uma linha no centro, dividindo a folha e explicou: “Aqui do lado esquerdo, vamos listar todas as coisas boas da sua vida, tudo o que está dando certo. No lado direito, vamos listar todos os seus problemas e as coisas que estão incomodando você”.
O homem sorriu dizendo: “Bem, eu não vou ter nada para colocar no lado bom. Tudo dando errado na minha vida.”
O padre emendou: "Tudo bem, vamos apenas fazer o exercício”.
O homem coçou a cabeça e o padre começou: “Poxa, sinto muito em saber que sua esposa faleceu”.
O homem deu um salto para trás e disse: "O que? Tá maluco? Minha esposa não morreu. Ela está bem viva e com saúde”.
O padre disse "Opa” e escreveu do lado das coisas boas "Tem uma esposa viva e saudável". Em seguida, o padre falou: "Eu sinto muito em saber que a sua casa pegou fogo”.
O homem respondeu: "Mas a minha casa não pegou fogo! Eu tenho uma bela casa “.
O padre então anotou no lado esquerdo da folha "Tem uma bela casa”.
Em seguida, o padre disse: “Estou muito triste em saber que você perdeu seu emprego”.
O homem retrucou: “Mas de onde o senhor está tirando todas essas besteiras? Eu tenho um ótimo trabalho!
O Padre voltou a escrever “Tem um ótimo trabalho”.
A essa altura, o homem já meio contrariado, pegou a folha dizendo: “Dê-me isso aqui!”.
E começou a escrever mais uma dúzia de coisas boas em sua vida.
No momento em que ele terminou, reparou que a lista de coisas boas era bem maior do que a de coisas ruins. Resultado? Ele saiu de lá com uma atitude completamente diferente.
O ponto em que eu quero chegar é que tudo o ele precisou fazer para recuperar o seu entusiasmo, foi simplesmente mudar a sua perspectiva diante de tudo.