Rádio Rainha da Paz

A rádio da familia

Sassá se destaca e quase vira herói, mas Cruzeiro e Fla empatam

Sassá se destaca e quase vira herói, mas Cruzeiro e Fla empatam
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Além de marcar o gol de empate, atacante desperdiçou uma grande chance, que poderia dar a vitória ao time celeste

Nem Thiago Neves, nem Sóbis, Everton Ribeiro ou Diego. O grande nome do duelo entre Cruzeiro e Flamengo, válido pela 14ª rodada do Brasileirão, foi um velho conhecido do futebol carioca e atual camisa 99 celeste. Mas ainda assim, um excesso de capricho impediu que Sassá deixasse o Mineirão, na tarde deste domingo, como o herói da vez. Graças a ele, a Raposa conseguiu o empate por 1 a 1 – Everton abriu o placar para o rubro-negro. Porém, uma ponta de “egoísmo” por parte do atacante impediu a virada.

Se logo em seu primeiro toque na bola, aos 14 min do segundo tempo, Sassá incendiou a China Azul e comemorou seu primeiro gol pelo clube com sua tradicional “sassarrada no ar”, aos 27 min, o avante poderia ter tocado a bola a Rafael Sóbis, que estava livre de marcação. No entanto, preferiu se livrar dos marcadores e chutar, para fora, numa tentativa frustrada. Obviamente que se tivesse balançado as redes novamente, ganharia o rótulo de “iluminado”. Não foi o que aconteceu.

Thiago Neves e Lucas Romero também tiveram atuações de destaque, enquanto Everton Ribeiro pouco acrescentou ao Flamengo em seu reencontro, agora como adversário, com o Cruzeiro, clube que defendeu durante a inesquecível campanha do bicampeonato brasileiro de 2013 e 2014.

O empate fez o Urubu chegar a 24 pontos, contra 21 dos celestes, que, na próxima rodada, vão encarar o Fluminense, na quinta-feira, no Giulite Coutinho.

O jogo. Houve lances de plasticidade, jogadas de efeito, muita raça e emoção em campo. Mas o primeiro tempo entre Cruzeiro e Flamengo também ficou marcado pelo excesso de erros de passe e de finalização.

Apesar de um início promissor, com Thiago Neves obrigando o goleiro Thiago a protagonizar uma grande defesa aos 7 min, a Raposa pecou muito na criação e na conclusão. As triangulações não saiam como esperado. Do outro lado, o rubro-negro investia em ataques pelas pontas, também sem efetividade.

O segundo tempo começou com boas investidas do Cruzeiro, e, novamente, com erros na finalização. Quando parecia que a Raposa estava mais perto do gol, eis que o time carioca respondeu da pior maneira possível aos celestes. Aos 8 min, Everton completou de cabeça para o fundo das redes: 1 a 0.

Só que a alegria rubro-negra durou pouco. Mano Menezes fez uma “jogada de mestre” ao colocar Sassá no lugar de Elber. E logo em sua primeira participação, aos 14 min, o camisa 99 aproveitou o lançamento de Diogo Barbosa para empatar a partida.

Sassá poderia ter sido decisivo novamente aos 27 min, mas em vez de tocar para Sóbis, livre, preferiu arriscar uma jogada individual e chutar para fora. E ficou nisso: 1 a 1.

(Otempo)

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Sassá se destaca e quase vira herói, mas Cruzeiro e Fla empatam

Enviando Comentário Fechar :/