Rádio Rainha da Paz

A rádio da familia

Galo joga bem no 2º tempo, vira e se mantém como visitante indigesto

Galo joga bem no 2º tempo, vira e se mantém como visitante indigesto
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Fred e Elias, ambos de cabeça, marcaram para os mineiros, que agora estão a apenas um ponto do G-6 no Brasileirão

O Atlético acabou com a generosidade de reabilitar os lanternas, o que tinha feito com Vitória e Atlético-PR, fez um bom segundo tempo e mostrou que, fora de casa, o time sabe atuar muito bem no Campeonato Brasileiro. O Galo até encontrou dificuldades na primeira etapa contra o último colocado da Série A, mas mostrou poder de reação, se impôs e venceu de virada o Atlético-GO por 2 a 1, neste domingo, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, pela 14ª rodada do Brasileirão.

E a vitória alvinegra foi construída pelo alto. O artilheiro Fred e o volante Elias marcaram de cabeça e garantiram os três pontos. Igor descontou para o Dragão. O resultado mantém o Galo como o quarto melhor visitante da competição, com três vitórias, três empates e apenas uma derrota, somando 12 pontos, e deixa a equipe mineira a um ponto do G-6. Já o rubro-negro segue em último, com apenas oito pontos.

Depois de confirmar o bom desempenho fora, o Atlético tenta engrenar como mandante. O clube terá dois jogos seguidos em casa: primeiro contra o Bahia, na próxima quarta-feira, e depois diante do Vasco, domingo, partidas que podem colocar a equipe entre os primeiros colocados do campeonato. Já o Atlético-GO tentará a reabilitação, na próxima rodada, fora de casa, contra o Sport.

O JOGO. Pela características das equipes e pelo forte sol em Goiânia, o jogo começou mais cadenciado, sem chances de gol. Os mineiros tomavam a iniciativa, tocavam a bola e tentavam encontrar o espaços pelos lados, com Leonan e Marlone pela esquerda e com Alex Silva e Elias, pela direita, mas sem sucesso. O alvinegro conseguiu finalizar apenas aos 18 min, após Marlone tentar um voleio sem direção.

O time da casa, por sua vez, tinha dificuldades para chegar ao ataque pela forte marcação dos visitantes. Por conta disso, a principal alternativa eram as bolas levantadas na área. E foi justamente assim que o Dragão abriu o placar, em sua primeira finalização com perigo. Aos 23 min, após cobrança de falta, Igor pegou rebote da zaga e, de primeira, fez 1 a 0.

Mesmo em desvantagem, o Galo não mudou o seu ritmo. Com Cazares apagado, a equipe pouco criava e era facilmente marcada pelo rival. O rubro-negro saía rápido nos contra-ataques e conseguiu criar duas boas chances, com Niltinho, aos 34 min, e com Paulinho, aos 44 min, mas Victor salvou o alvinegro de ir para o intervalo com um placar ainda mais desfavorável.

No segundo tempo, Roger Machado tirou o amarelado Bremer e colocou Matheus Mancini e colocou Robinho na vaga de Marlone. Antes mesmo de perceber possíveis mudanças por conta das alterações, Victor evitou o time de levar o segundo. Paulinho entrou livre na área, logo aos 3 min, e bateu na saída do goleiro, que conseguiu salvar com a ponta dos dedos.

O lance parece ter acordado o Galo, que melhorou em campo e passou a pressionar o rival. E foi através de mais uma assistência de Cazares, que estava sumido no embate, que o Atlético chegou ao empate. Aos 11 min, o equatoriano bateu falta e o artilheiro Fred, de cabeça, deixou tudo igual.

Os mineiros seguiram em cima e estiveram próximos da virada. Primeiro com Robinho, que chutou na rede pelo lado de fora. Segundo com Fred, que não conseguiu dominar e a bola acabou escapando na área. O Atlético-GO respondeu no contra-ataque. Walter cruzou e o zagueiro Gilvan, sozinho, aos 16 min, mandou para fora.

De tanto insistir, os mineiros viraram o marcador, aos 27 min. Após uma saída rápida para o ataque, Fred lançou Alex Silva, que cruzou. Elias cabeceou forte e colocou os mineiros em vantagem. Fred até chegou a balançar as redes novamente, mas o bandeira assinalou impedimento. O alvinegro seguiu jogando bem, não teve a meta ameaçada e volta para Belo Horizonte com os três pontos na bagagem.
 

(Otempo)

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Galo joga bem no 2º tempo, vira e se mantém como visitante indigesto

Enviando Comentário Fechar :/