Rádio Rainha da Paz

A rádio da familia

Ainda sem acordo com Botafogo, atacante Rony pode ser aproveitado pelo Cruzeiro

Ainda sem acordo com Botafogo, atacante Rony pode ser aproveitado pelo Cruzeiro
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Jogador esteve praticamente acertado com Botafogo na negociação que levou Bruno Silva para a Toca II e agora aguarda aval de Mano para ser aproveitado

O atacante Rony, de 22 anos, chegou a ser dado como certo no Botafogo, após ser envolvido na negociação de transferência do volante Bruno Silva para o Cruzeiro. Mas a falta de um acordo financeiro com o clube carioca pode resultar na volta do jogador à Toca da Raposa II, onde ele jamais teve uma oportunidade na equipe profissional.

O Superesportes apurou que o vice-presidente de futebol Itair Machado conversará com o técnico Mano Menezes no sentido de reintegrar Rony, que estava emprestado ao Albirex Niigata do Japão. Apesar de sua equipe ter sido rebaixada na J-League 2017, o jovem atacante se destacou e fez oito gols e sete assistências. Em outros quatro jogos pela Copa do Imperador e pela Copa da J-League, Rony balançou as redes mais uma vez.

O Cruzeiro decidirá no começo desta semana se Rony será aproveitado ou liberado para atuar em outro clube por empréstimo. A ida para o Botafogo não está totalmente descartada, mas já há cinco clubes da Série A interessados em contratá-lo.

Rony chegou a buscar apartamento no Rio de Janeiro, sinal de que o acerto com o Botafogo estava praticamente concluído. No entanto, não houve acordo com a nova diretoria do clube carioca quanto às bases salariais.  “Não houve qualquer problema de relacionamento com o Botafogo, fomos muito bem tratados, mas a contraproposta não nos agradou. O Botafogo acha que não é possível chegar a um valor, o que é muito compreensível, mas nós também temos o direito de não concordar. Simples. O clube nos tratou com todo respeito, mas não gostamos da proposta”, disse ao Superesportes o agente de Rony, Hércules Júnior.

Até o fim de dezembro, as conversas com Rony eram conduzidas no Botafogo pelo gerente de futebol Antônio Lopes, que acabou demitido a partir da posse do novo presidente, Nelson Mufarrej. Inicialmente, a oferta do clube carioca era de um ano de contrato. A atual direção, por meio do gerente Anderson Barros, propôs dois anos. Apesar disso, o valor do salário ficou aquém do esperado pelo atleta. “Isso ainda pode ser negociado, eles são super educados. Queremos dois anos sim, só não concordamos com o valor. Além disso, o problema é que não posso esperar mais. Já recebi proposta de todo Brasil. Já está na hora de ele voltar a trabalhar e precisamos definir logo para onde ele vai”, agregou Hércules.

O agente explicou ainda que qualquer decisão sobre o futuro de Rony depende do aval do Cruzeiro. “O detalhe final é entre mim e o Cruzeiro. Seja lá o que acertemos, o Cruzeiro tem que concordar”. Sobre a informação apurada pela reportagem, de que há a possibilidade de o atacante voltar ao Cruzeiro, agora para ser aproveitado no profissional por Mano Menezes, o agente desconversou. “Isso é uma coisa que eu não quero falar, prefiro que vocês falem com a diretoria do clube”, posicionou-se.

Procurado, o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, disse apenas que o futuro de Rony será decidido nesta segunda-feira.

 

Perfil

Rony é atacante de velocidade, que costuma jogar pelo lado direito do campo. Se for integrado ao elenco de Mano Menezes, concorrerá pela titularidade com Rafinha e David, contratado ao Vitória. Na temporada passada, também executavam essa função Alisson e Elber, negociados recentemente com Grêmio e Bahia, respectivamente.

Atualmente, o elenco do Cruzeiro está com 34 jogadores. A intenção da comissão técnica é reduzir bastante esse número. Para Rony ser integrado, outros atletas terão que deixar a Toca. Os cotados para serem negociados são Lennon, Messidoro e Rafael Marques.

 

Histórico

Rony foi contratado pelo Cruzeiro em 2015. A Raposa desembolsou cerca de R$700 mil para adquirir os direitos econômicos que pertenciam ao Remo – atualmente, os mineiros são donos de 20%. Ele integrou a equipe Sub-20 do clube celeste antes de seguir para o Náutico, onde se destacou. Em 2016, foram 51 jogos e 14 gols pelo Timbu. A boa campanha despertou o interesse de equipes japonesas. Primeiro o Kashima Antlers e depois o Albirex Niigata, que acabou acertando a contratação intermediada pela Traffic. Em 2017, Rony realizou 36 jogos e marcou 8 gols no futebol asiático.

Se Rony não ficar mesmo no Botafogo, o Cruzeiro possivelmente compensará o clube carioca de outra forma na negociação de compra do volante Bruno Silva. A cessão do atacante era parte do pagamento pelos 40% dos direitos do meio-campista. A direção cruzeirense ainda desembolsou R$ 5 milhões na transação (R$ 4 milhões destinados ao Botafogo e R$ 1 milhão a ser repassado à Ponte Preta, referente à compra de 10% do “passe”).

Superesportes

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Ainda sem acordo com Botafogo, atacante Rony pode ser aproveitado pelo Cruzeiro

Enviando Comentário Fechar :/